Páginas

26 de nov de 2011

'Top 10' pela quarta vez no ano, Bruno Senna vibra: 'Melhor do que esperava'

 Na luta para impressionar a Renault-Lotus e assegurar a permanência em 2012, Bruno Senna fez um ótimo trabalho neste sábado no treino classificatório para o GP do Brasil. O brasileiro avançou se classificou para a superpole conquistou a nona colocação no grid. Enquanto isso, seu companheiro de equipe Vitaly Petrov ficou apenas na 15ª posição.


- Fazer top 10 está muito acima do que eu estava esperando. Tenho que agradecer a equipe que, junto comigo, conseguiram colocar tudo junto e fazer um qualifying bom - comemorou Senna.
Senna no treino no GP do Brasil (Foto: Getty Images)Senna no treino para o GP do Brasil (Foto: Getty Images)
É quarta vez que Bruno avança para a superpole este ano. O brasileiro já havia largado na sétima colocação no seu primeiro GP na temporada, na Bélgica, em décimo na Itália e em nono Japão. Agora, o placar do duelo particular entre Senna e Petrov em treinos classificatórios está 5 a 3 a favor do brasileiro.

Fanático por F1 vai à 28ª corrida, vira 'bom sogro' e quer ensinar os netos

Jorge posa ao lado de box da Willians em uma das corridas que assistiu em Interlagos (Foto: Arquivo pessoal)Jorge posa ao lado de box da Willians em uma das corridas em Interlagos (Foto: Arquivo pessoal)
Um morador de Itapetininga é tão apaixonado por Fórmula 1 que há 27 anos não perde um Grande Prêmio do Brasil. Jorge Teles vai todos os anos a São Paulo assistir ao GP em Interlagos. Sua paixão também o levou ao Rio de Janeiro, onde a corrida era disputada até 1989 no autódromo de Jacarepaguá.
Jorge se prepara para mais uma vez ir a Interlagos no próximo domingo (23), quando será disputado o GP Brasil de 2011. Será sua 28ª corrida.
– Fórmula 1 para mim é puro amor. É o esporte que me faz pesquisar, me faz aprender. Eu acordo de madrugada para assistir. Se perguntarem para mim sobre futebol, não sei nada, mas se me perguntarem sobre Fórmula 1.
A paixão começou aos 16 anos de idade e hoje, aos 51, Jorge guarda em casa dezenas de álbuns, camisetas e bonés de suas viagens esportivas. Ele garante uma manha para conferir quase tudo o que se passa na corrida.
– Pego sempre o setor G porque é o que tem a melhor vista do circuito e ainda por cima é o mais barato.
Jorge tem duas filhas, mas não é com elas que ele divide o amor pela Fórmula 1, é com os genros. Se eles também gostarem de automobilismo, não têm o que reclamar do sogro.
– Todo almoço de domingo que tem corrida é lá em casa e sempre assisto com meus genros. Uma das minhas filhas está grávida do meu primeiro netinho. Tudo o que eu espero é ter saúde para levá-lo para o autódromo e fazer essa paixão continuar

Brasileira com os maiores seios do mundo diz que teria morrido sem as próteses de silicone Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/bizarro/brasileira-com-os-maiores-seios-do-mundo-diz-que-teria-morrido-sem-as-proteses-de-silicone-3312761.html#ixzz1eq7ZiJHD

Extra Online
Tamanho do texto A A A
O implante de silicone da brasileira Sheyla Hershey salvou a vida dela. Pelo menos é o que ela afirma. A modelo de 31 anos, que possui o recorde de maiores seios do mundo, decidiu implantar novamente as próteses, mesmo depois de ter sofrido uma infecção que quase a matou. Ela afirma que se não tivesse os seios de volta, morreria de depressão.
Sheyla precisou retirar o silicone em 2010. Depois disso, passou por uma crise de depressão, mal saía de casa e tentou se matar com uma overdose de remédios. “Eu só queria dormir e acordar com meus seios de volta”, contou ela, segundo o jornal “The Sun”.
Neste ano, a brasileira, que mora nos Estados Unidos, ignorou os conselhos de especialistas e do marido e tomou a decisão de colocar o silicone de novo. Ela viajou para o México e Brasil, onde fez algumas cirurgias e ganhou de volta os imensos seios. “Meu marido não sabia que eu estava indo reimplantar o silicone. Quando ele me viu, ficou chocado e magoado, porque eu tinha mentido para ele. Eu disse que o corpo era meu e podia fazer o que quisesse com ele”, disse a brasileira.
Mesmo correndo riscos, Sheyla não se arrepende das cirurgias. “Meus seios são parte de mim e eu estava deformada sem eles. Eu senti como se tivesse perdido uma perna”, revelou. Ela já gastou mais de R$ 175 mil em intervenções cirúrgicas nos seios. E não pretende parar por aí. No ano que vem, a modelo vai aumentar a prótese de silicone novamente.
Sheyla precisou retirar o silicone em 2010
Sheyla precisou retirar o silicone em 2010


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/bizarro/brasileira-com-os-maiores-seios-do-mundo-diz-que-teria-morrido-sem-as-proteses-de-silicone-3312761.html#ixzz1eq7dhzCj

Mulher obesa faz dieta maluca, fica anoréxica e quase morre Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/mulher-obesa-faz-dieta-maluca-fica-anorexica-quase-morre-3329967.html#ixzz1eq7NerNX

Alice pesava mais de 120 quilos e passou a ter 44 quilos Foto: Reprodução
Extra Online
Tamanho do texto A A A
Atormentada por estar muito obesa, uma mulher inglesa decidiu fazer um regime extremo por conta própria, virou anoréxica e quase morreu. De acordo com informações do site do jornal “The Sun”, Alice Vinall pesava 120,5 quilos quando começou a fazer exercícios pesados e passou a comer apenas uma refeição por dia. Esquelética - o peso caiu para 44,5 quilos -, a jovem ficou com o organismo muito debilitado e chegou até a desmaiar.
Alice foi internada numa clínica especializada em distúrbios alimentares, onde durante 18 meses passou por uma dieta especial até atingir cerca de 70 quilos.
- Ser gorda quase me matou. Quando saí da clínica, quebrei a balança do banheiro com um martelo. Agora estou feliz por estar viva - disse a jovem, de 25 anos.


Leia mais: http://extra.globo.com/noticias/saude-e-ciencia/mulher-obesa-faz-dieta-maluca-fica-anorexica-quase-morre-3329967.html#ixzz1eq7TxwU7

Mulher de Nem da Rocinha deixa as roupas de grife e usa uniforme de presidiária Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/mulher-de-nem-da-rocinha-deixa-as-roupas-de-grife-usa-uniforme-de-presidiaria-3330388.html#ixzz1eq7FAkVL

Danubia com o uniforme da penitenciária Foto: Sispa / Seap
Marcos Nunes
Tamanho do texto A A A
Acostumada a usar roupas de grife e joias, que eram compradas pelo dinheiro do tráfico da Rocinha, Danúbia de Souza Rangel, mulher do traficante Antonio Francisco Bonfim Lopes, o Nem, vive a partir deste sábado, uma outra realidade. Depois de ser presa, ontem, após prestar depoimento na 15ª DP (Gávea), Danúbia foi levada para o presídio Joaquim Ferreira de Souza, no complexo Pentenciário de Gercinó, em Bangu. A ex- xerifa da Rocinha, como era conhecida enquanto o traficante comandava a favela, está usando uniforme fornecido pela Secretaria de Administração Penitenciária: camisa verde e calça azul. Ela também deixou para trás o tempo em que ostentava joias. O regulamento da Seap proíbe que as detentas usem cordões e brincos.
Danúbia foi detida por PMs do Batalhão de Operações Especiais, em um salão de beleza da Rocinha. Levada para a 15ªDP, ela foi autuada em flagrante por associação para o tráfico. O advogado de Danúbia tentou conseguir um habeas corpus no plantão judiciário, mas o pedido de liberdade de sua cliente foi negado pela Justiça.


Leia mais: http://extra.globo.com/casos-de-policia/mulher-de-nem-da-rocinha-deixa-as-roupas-de-grife-usa-uniforme-de-presidiaria-3330388.html#ixzz1eq7HHYHu

Vettel dá show em Interlagos, faz a 15ª pole do ano e bate recorde de Mansell

 O treino classificatório em Interlagos foi a coroação de um ano praticamente perfeito de Sebastian Vettel na Fórmula 1. Além de se tornar o mais jovem bicampeão e com quatro corridas de antecedência, o alemão conseguiu, no GP do Brasil, chegar à sua 15ª pole da temporada, batendo o recorde estabelecido por Nigel Mansell com a Williams em 1992. A excelente volta de 1m11s918 foi 0s181 melhor que a do companheiro Mark Webber, segundo no grid, que completou a dobradinha da RBR.
Vettel ainda chegou à 30ª pole na carreira e superou o número do pentacampeão Juan Manuel Fangio, que marcou 29 na década de 1950. A largada do GP do Brasil está marcada para as 14h (de Brasília) deste domingo, mas a Rede Globo inicia a transmissão direto de Interlagos às 13h. Além disso, o GLOBOESPORTE.COM acompanha as 71 voltas em Tempo Real com vídeos.
Vettel comemora o melhor tempo para o GP do Brasil (Foto: EFE)Vettel faz o número 15 com as mãos e comemora recorde de pole-positions em um só ano (Foto: EFE)
Com um desempenho abaixo do esperado, Felipe Massa vai largar apenas em sétimo. Ele luta para encerrar um incômodo jejum: desde 1981 um piloto titular da Ferrari não fica fora do pódio durante uma temporada inteira. O brasileiro ficou duas posições atrás do companheiro Fernando Alonso, que marcou o quinto tempo neste sábado. Favorito na briga pelo vice, o inglês Jenson Button ficou em terceiro, uma posição à frente do companheiro de McLaren Lewis Hamilton.
Após alguns treinos complicados, Bruno Senna deu a volta por cima em casa. Com um ótimo desempenho, o brasileiro da Renault-Lotus conseguiu uma vaga na superpole e vai largar em nono. Rubens Barrichello, da Williams, também andou bem e comemorou a 12ª posição como se fosse uma pole position. Os dois pilotos ainda não têm contratos assegurados para a temporada 2012.
Senna avança, e Rubinho cai na segunda parte
No Q2, Rubens Barrichello mostrou mais uma vez que o conhecimento do circuito de Interlagos pode fazer a diferença. Mesmo com claros problemas de desempenho em sua Williams, o brasileiro conseguiu a 12ª posição no grid de largada de seu 19º GP do Brasil. Ele acertou uma belíssima volta e ficou a poucos décimos de conseguir uma inédita vaga na superpole em 2011.
Já Bruno Senna conseguiu avançar à última parte do treino classificatório ao marcar o nono tempo. Em nono, o brasileiro ficou a apenas nove milésimos do tempo de Felipe Massa, o oitavo, e superou com facilidade o companheiro russo Vitaly Petrov, eliminado com a 15ª posição.
Pastor Maldonado é eliminado ainda no Q1
A primeira parte do treino classificatório (Q1) não teve grandes surpresas. Além dos pilotos das equipes ditas nanicas - Lotus, MVR e Hispania -, Pastor Maldonado foi o "premiado" com a eliminação precoce em Interlagos. Superado amplamente pelo companheiro Barrichello neste sábado, o piloto venezuelano vai largar apenas na 18ª posição neste domingo.
Entre as nanicas, a grande surpresa foi o desempenho da Hispania. Tanto Daniel Ricciardo quanto Vitantonio Liuzzi conseguiram ficar à frente dos carros da MVR neste treino. Na última fila, Jerome D'Ambrosio, que pode estar fazendo sua última corrida na equipe inglesa, superou o veterano companheiro alemão Timo Glock, que larga apenas em último em Interlagos.
Confira o grid de largada para o GP do Brasil, em Interlagos:
1 - Sebastian Vettel (ALE/RBR-Renault) - 1m11s918
2 - Mark Webber (AUS/RBR-Renault) - 1m12s099
3 - Jenson Button (ING/McLaren-Mercedes) - 1m12s283
4 - Lewis Hamilton (ING/McLaren-Mercedes) - 1m12s480
5 - Fernando Alonso (ESP/Ferrari) - 1m12s591
6 - Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1m13s050
7 - Felipe Massa (BRA/Ferrari) - 1m13s0688 - Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes) - 1m13s298
9 - Bruno Senna (BRA/Renault-Lotus) - 1m13s76110 - Michael Schumacher (ALE/Mercedes) - sem tempo
Eliminados na segunda parte do treino:11 - Paul di Resta (ESC/Force India-Mercedes) - 1m13s584
12 - Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth) - 1m13s80113 - Jaime Alguersuari (ESP/STR-Ferrari) - 1m13s804
14 - Sebastien Buemi (SUI/STR-Ferrari) - 1m13s919
15 - Vitaly Petrov (RUS/Renault-Lotus) - 1m14s053
16 - Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari) - 1m14s129
17 - Sergio Pérez (MEX/Sauber-Ferrari) - 1m14s182
Eliminados na primeira parte do treino:18 - Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth) - 1m14s625
19 - Heikki Kovalainen (FIN/Lotus-Renault) - 1m15s068
20 - Jarno Trulli (ITA/Lotus-Renault) - 1m15s358
21 - Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth) - 1m16s631
22 - Daniel Ricciardo (AUS/Hispania-Cosworth) - 1m16s890
23 - Jerome D'Ambrosio (BEL/MVR-Cosworth) - 1m17s019
24 - Timo Glock (ALE/MVR-Cosworth) - 1m17s060

22 de nov de 2011

Imagens podem identificar agressores de casal gay em SP


Uma nova pista pode levar à identificação e à prisão de dois homens que agrediram um casal gay na região da Avenida Paulista, em São Paulo. Imagens gravadas na madrugada de sábado (1º) pelas câmeras de segurança de um posto de combustíveis devem ajudar a polícia a prender os agressores.
O analista fiscal Marcos Paulo Villa, de 32 anos, e o companheiro dele, de 30 anos, que pediu para não ser identificado, reconheceram os dois homens que os atacaram a caminho de casa.
O casal de homossexuais aparece primeiro nas imagens do posto de combustíveis na esquina das ruas Fernando de Albuquerque e Bela Cintra. Eles já tinham sido ofendidos num bar a poucos metros do local, na Rua Bela Cintra.
Villa e o companheiro contaram à polícia que ignoraram as ofensas e foram embora, mas que voltaram a ser abordados pelos agressores duas vezes. A primeira ainda na saída do posto e a segunda quando estavam a caminho de casa, em frente a um restaurante da Rua Fernando de Albuquerque.
Mapa agressão a gays Avenida Paulista (Foto: Arte/G1)
A gravação do posto mostra que, minutos depois, aparecem os dois homens apontados pelas vítimas como agressores. Eles discutem novamente.
Um dos homens é visto, segundo as imagens, dentro de uma loja de conveniência.
O momento da violência, porém, não foi registrado pelas câmeras de segurança. “Ele veio para cima de mim, me deu um murro na boca. Eu caí, bati a cabeça e ele começou a chutar meu corpo, foi aonde eu apaguei e ele conseguiu quebrar minha perna”, conta a vítima que prefere não ter seu nome divulgado.
Villa viu o companheiro, com quem vive há quase cinco anos, desmaiado e ensanguentado e achou que estivesse morto. “Olhava pra ele e falava: é minha família. A gente foi hoje, já teve outro ontem e amanhã vai ter outro. Pode ser que o de amanhã seja morto”, afirmou.

Rapaz identifica agressor de namorado em imagens de posto


O analista fiscal Marcos Paulo Villa, de 32 anos, fez o reconhecimento do agressor do namorado, de 30 anos, nas imagens gravadas pelo circuito de segurança de um posto de combustíveis, localizado na esquina das ruas Fernando de Albuquerque e Bela Cintra. Villa compareceu na tarde desta terça-feira (4) na sede da Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi), onde prestou depoimento por cerca de duas horas e meia. Além de fazer o reconhecimento do agressor com base nas imagens, ele detalhou como ocorreram as agressões.
"Reconheci o agressor do meu namorado. É o que aparece de camiseta preta nas imagens", afirmou, ao sair da Decradi. Villa, no entanto, não conseguiu reconhecer quem o agrediu com base nas imagens. "O meu agressor está um pouco mais complicado. Ele aparece nas imagens, mas o rosto dele não está bem nítido. É um que está de camiseta azul. A polícia vai precisar buscar novas imagens na região", disse.
Joaquim Dias, delegado da Decradi, confirmou que os investigadores continuam em busca de novas imagens dos prédios próximos ao local das agressões. Além disso, a polícia deverá solicitar a lista dos frequentadores do Sonique Bar, na Rua Bela Cintra, na madrugada de sábado (1º).
O caso
Marcos Villa e o companheiro, que pediu para não ser identificado, foram agredidos em frente a um restaurante da Rua Fernando de Albuquerque na madrugada de sábado (1º). O namorado de Villa, que teve a perna direita quebrada na briga, já havia prestado depoimento à Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Decradi).
O casal foi agredido com socos e pontapés desferidos por jovens não identificados que estavam com roupas e tatuagens de surfistas. A investigação descartou a ação de grupos organizados de intolerância contra gays, como skinheads e neonazistas.
As imagens foram gravadas na madrugada de sábado pelas câmeras de segurança do posto de combustíveis na esquina das ruas Fernando de Albuquerque e Bela Cintra, onde as vítimas foram ofendidas.
O casal aparece primeiro nas imagens do posto de combustíveis. Eles já tinham sido ofendidos no Sonique Bar, a poucos metros do local, na Rua Bela Cintra.
Villa e o companheiro contaram à polícia que ignoraram as ofensas e foram embora, mas que voltaram a ser abordados pelos agressores duas vezes: a primeira ainda na saída do posto e a segunda quando estavam a caminho de casa, em frente a um restaurante da Rua Fernando de Albuquerque.
  •  
Mapa agressão a gays Avenida Paulista (Foto: Arte/G1)
A gravação do posto mostra que, minutos depois, aparecem os dois homens apontados pelas vítimas como agressores. Eles discutem novamente. Um dos homens é visto, segundo as imagens, dentro de uma loja de conveniência.
O momento da violência, porém, não foi registrado pelas câmeras de segurança. “Ele veio para cima de mim, me deu um murro na boca. Eu caí, bati a cabeça e ele começou a chutar meu corpo, foi aonde eu apaguei e ele conseguiu quebrar minha perna”, contou a vítima que prefere não ter seu nome divulgado.
Villa viu o companheiro, com quem vive há quase cinco anos, desmaiado e ensanguentado e achou que estivesse morto. “Olhava pra ele e falava: é minha família. A gente foi hoje, já teve outro ontem e amanhã vai ter outro. Pode ser que o de amanhã seja morto”, afirmou.
A gerência do Sonique Bar informou que irá colaborar com o trabalho policial e fornecer tudo o que for pedido.

Rapaz sofre fraturas no rosto ao ser espancado na Rua Augusta, em SP

Rapaz de 21 anos agredido na Rua Augusta
(Foto: Marcelo Mora/G1)

Um jovem de 21 anos sofreu três fraturas em ossos da face e ficou com um coágulo no cérebro ao ser agredido por um grupo de ao menos dez pessoas na manhã de sábado (19), em frente a um bar localizado na esquina das ruas Augusta e Fernando de Albuquerque, na Consolação, região central de São Paulo. O irmão dele, de 24 anos, e um amigo de 24 anos que afirma ser gay, também foram agredidos pelo grupo, segundo ocorrência registrada na polícia.
As vítimas conversaram com a equipe de reportagem do G1 sob a condição de que não tivessem os nomes divulgados. A agressão ocorreu quando o trio deixou uma casa noturna próxima à Praça Roosevelt e se dirigia à residência do jornalista, que mora em um apartamento na Avenida Nove de Julho.
Para o amigo de 24 anos, tratou-se de um ataque homofóbico, versão que deverá sustentar quando prestar depoimento à polícia. Ele diz que em momento algum o grupo recorreu a palavras homofóbicas ou a xingamentos durante o ataque ao trio.
Mas afirma que estava com uma roupa justa e foi visto dando um abraço em um dos amigos, fatos que, na sua visão, poderiam ser interpretados como sinal de sua sexualidade. Também diz que os agressores repetiam a frase "Vocês vão morrer"."Um deles chegou a pegar uma pedra enorme para jogar na cabeça do meu amigo que já estava no chão desmaiado", disse.
A ocorrência da agressão foi registrada no 4º Distrito Policial, da Consolação, como lesão corporal. Por enquanto, nenhum dos três agredidos prestou depoimento, o que deverá acontecer nos próximos dias.
Segundo a polícia, após os depoimentos, será analisado se o caso tem conotação homofóbica.
A agressãoSegundo o amigo dos irmãos, ao entrar no bar na Rua Augusta, ele estava abraçado ao jovem de 21 anos que posteriormente foi agredido. "Estávamos abraçados como costumamos fazer algumas vezes quando conversamos. Inclusive ele estava triste porque havia reencontrado uma ex-namorada. Com certeza, eles acharam que nós éramos gays. O meu amigo não é gay; eu sou. Namoro com o irmão deles há quatro anos", contou.
Ele diz que, quando os três entraram no bar, um dos agressores ficou encarando de forma sistemática o amigo dele, que permaneceu do lado de fora, enquanto os outros dois foram ao banheiro. O jovem de 21 anos que apanhou questionou por que o outro estava olhando para ele e, depois disso, foi agredido com um soco no rosto e partiu para o revide.
Outros jovens que acompanhavam o primeiro agressor entraram na briga e passaram a espancar o rapaz. O irmão dele levou uma garrafada no braço esquerdo e também foi agredido com socos e pontapés.
Após cessar as agressões, o trio se dirigiu a outro bar, nas proximidades. Eles entraram no banheiro para limpar o sangue dos ferimentos. Ao saírem, mais uma vez foram atacados, desta vez por dois agressores. "Quando estendi o braço para chamar um táxi, um cara me deu um murro na cabeça e me agarrou pelo pescoço. Depois, ele meu deu uma cadeirada. Sofri cortes dentro da boca e fiquei com o joelho machucado", contou o amigo de 24 anos.
Irmão da vítima teve cortes no braço após garrafada (Foto: Marcelo Mora/G1)Irmão da vítima teve cortes no braço após
garrafada (Foto: Marcelo Mora/G1)
O rapaz de 21 anos também foi agredido na cabeça logo após deixar o a bar e desmaiou. Em seguida, passou a receber chutes no rosto dos agressores. O irmão tentou proteger a vítima e também levou pontapés. O jovem permaneceu desmaiado na rua e foi levado por policiais militares para a Santa Casa de Misericórdia, em Santa Cecília, na região central.
Depois de receber os primeiros socorros, ele foi transferido na noite de sábado para um hospital do Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo, onde permanecia internado em observação na tarde de segunda-feira (21). Ele deverá ser submetido a pelo menos três cirurgias na face devido às fraturas em ossos da bochecha, nariz e maxilar. Ao G1, o jovem disse que não se lembra de quase nada da agressão. “Depois que tomei a pancada na cabeça não vi mais nada. Quando acordei, horas mais tarde, já estava no hospital e a cabeça ainda rodando”, relatou

Skyrim o mundo em movimento

Com um mundo gigantesco e rico em aventuras, o The Elder Scrolls 5: Skyrim  é impressionante em todo o seu mundo - as malhas, as texturas, os personagens, o áudio, a lógica e muito mais - e tudo isto dentro de uns reles 3.8GB no Xbox 360.

Na era dos Blu-ray de 50GB, é extraordinário que a aventura mais rica e profunda do ano caiba dentro de um único DVD de uma layer e ainda com espaço de sobra. Mesmo a versão PC - com a sua artwork de alta qualidade e configurações de qualidade superior - continua a pesar apenas 5.5GB de download via Steam.

Neste artigo do Digital Foundry de captura do mundo com o tempo passando, iremos te levar numa viagem em vídeo pelo bonito mundo que a Bethesda criou. Num movimento acelerado, você poder ver um vasto número de melhorias que os produtores fizeram, num motor que estava claramente mostrando a sua idade no Fallout: New Vegas.

A cobertura das nuvens e a iluminação melhoraram bastante, e a Bethesda prestou a devida atenção à renderização atmosférica e a outros efeitos adicionais: finas nuvens abraçam as montanhas imaculadas, a visibilidade é afetada pelas condições do nevoeiro, enquanto que o sentimento Nórdico de Skyrim é em si enfatizado pela frequente Aurora Boreal que domina o céu à noite.

Ao criar este vídeo apenas arranhamos a superfície deste imenso mundo: visitamos as principais capitais, tivemos como objetivo um número de referências, mas na verdade a escala do mapa e o número de localizações para poder descobrir é simplesmente imensa. Um mapa completamente preenchido alberga centenas de referências e apenas gravamos 44 cenas.

Fã Cria Software (guia) de Skyrim

Fan cria software com informações como história e raças sobre o game.


O software está na versão 1.0 mais vai receber atualizações, contendo mais informações como fix para bugs, Geografia, Cidades, Quests, Spells entre muitas outras coisa para facilitar sua vida no desenvolver do jogo!

Tudo isso para quem quer ficar mais informado sobre o game e desfrutar o gigantesco mundo de Skyrim com mais facilidade

Yakuza 5 é confirmado para o PlayStation 3; mais detalhes

De acordo com a última edição da Famitsu, Yakuza 5 está em desenvolvimento para o PlayStation 3. Anteriormente, quando o anúncio do jogo foi feito, plataformas não haviam sido mencionadas.

A revista também diz que as cidades de Sapporo, Tokyo, Nagoya, Osaka e Fukuoka estarão no game. Kazuma Kiryu será o personagem principal e a história continuará de onde Yakuza 4 parou, ignorando os acontecimentos de Yakuza of the Dead.